“Sobre Alegações Revelatórias.” - Professor Prolotheos.

Messages
Post Reply
User avatar
Sandy
Staff
Posts: 16679
Joined: Sun Jan 30, 2005 8:51 pm
Please type in these numbers: 46373: 1111
Location: Illawarra District, New South Wales, Australia
Contact:

“Sobre Alegações Revelatórias.” - Professor Prolotheos.

Post by Sandy » Mon Jul 28, 2014 11:24 am

Chicago, EUA, 24 de Junho, 2014.
Professor Prolotheos.
Assunto: “Sobre Alegações Revelatórias.”

Recebido por Valdir Soares.

Professor Prolotheos: “Tens andado preocupado com alegações recentes sobre mudanças significativas na ordem espiritual do teu planeta. Eu penso que é uma altura oportuna para eu expressar alguns pensamentos que podem ajudar-te a compreender essas alegações revelatórias.

“Apesar de a religião evolucionária ter interpretado a interacção de Deus com o homem como sendo um género de imposição, não é dessa forma que Deus opera, mas é apenas como ela é percebida pelos religiosos. A vontade de Deus vai prevalecer no Universo Mestre através de uma cooperação cada vez mais consciente e propositada das Suas criaturas, e de uma forma evolucionária, não por imposição, ou por interferência arbitrária. A outorga de Cristo Miguel em Urântia deu-lhe todo o poder neste universo local de Nebadon, e ele poderia exercer autoridade total legitimamente em qualquer situação. No entanto, tal como foste informado, mesmo depois de receber esta autoridade do Pai, ele esperou pela adjudicação da rebelião de Lúcifer em Uversa. O nosso Filho Criador, tal como o Pai, não impõe a sua vontade, em vez disso ele ensina e influência a sua vontade através de exemplos.

“O Tempo Corrector, agora estabelecido em Urântia, é um período transicional no vosso planeta, com o objectivo de encaminhar esta esfera para o seu curso normal, depois de toda a ruptura causada pela Rebelião de Lúcifer. O período do Tempo Corrector foi pessoalmente desenhado e mandatado por Cristo Miguel, que personaliza a vontade do Pai em Nebadon. O Pai, para todo o sempre, disse sobre este Filho: ‘Nele pus toda a minha complacência.’ O Pai não comanda pessoalmente os universos locais em que um Filho Criado tenha completado as suas muitas outorgas. O Pai governa os universos locais através dos Seus Filhos Mestres Michaéis, nos quais confia plenamente. Quando um Filho Magistral vem a uma esfera, Ele vem sob a autoridade deste Filho Criador. Nenhum Filho Divino, excepto os filhos Adãos e Evas dos universos locais, se envolve no governo político de nenhum planeta. O trabalho dos Filhos Magistrais é aumentar a consciência espiritual das raças planetárias através das suas missões sucessivas.

“Tu ouviste a promessa do nosso Filho Criador que um dia ele irá regressar a Urântia. No entanto, é um erro pensar que ele vai voltar para estabelecer o seu Reino visível na terra, como muitos pregaram por quase dois milénios. O governo universal de Cristo Miguel não será transferido de Salvington para Urântia. O vosso planeta é de facto muito amado pelo vosso Filho Criador e possui a distinção de O ter tido como Príncipe Planetário, uma posição que é agora ocupada por Maquiventa Melquisedeque, o outrora Sábio de Salém. Quando o vosso Filho Criador voltar ao vosso mundo, vai muito provavelmente fazer uma visita de ministração, pois por essa mesma razão ele visita muitos outros mundos no seu domínio. Talvez ele venha e conexão com alguns eventos atribulados que foram profetizados pelos antigos profetas, por ele próprio, e mesmo pelos seus seguidores.

“É compreensível que os Urântianos que estão familiarizados com as novas revelações escritas trazidas no século passado, e materializadas num livro, se perguntem se, e quando, o vosso planeta vai dar as boas-vindas a uma Missão Magistral. É aconselhado que quando procuram respostas em relação a esta matéria, observem que os Reveladores são extremamente cautelosos em adiantar informação sobre esse assunto, pois estas matérias são prerrogativa exclusiva do vosso Soberano, Cristo Miguel. Irão relembrar que os vossos receptores de mensagens celestiais não são infalíveis, e que os seus próprios desejos e convicções podem interferir com transmissões genuínas de canais espirituais? Finalmente, estejam cientes que qualquer mudança na administração espiritual de Urântia será primeiro anunciada ao vosso Príncipe Planetário, Maquiventa, pois ele, tal como os Pais das Constelações, estarão necessariamente envolvidos no processo.

“Eu sou Prolotheos, o teu tutor celestial.”

Nota: Em ocasiões muito raras, a um Filho Magistral que visita e ensina num planeta evolucionário pode mais tarde, adicionalmente, ser-lhe dada a tarefa de Regente desse planeta.

Traduzido por João M.

© O Grupo de Progresso 11:11.
Acendeste uma Chama, e ela tornar-se-á um Fogo Intenso – ABC-22.

http://board.1111angels.com/viewforum.php?f=27
Humankind has not woven the web of life. We are but one thread within it. Whatever we do to the web, we do to ourselves. All things are bound together. All things connect.

~ Chief Seattle ~

Post Reply